Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Com Barcos 'iluminado', Verdão sonha criar luz para restante do time

São Paulo (SP)

Autor de 28 gols na temporada, Hernán Barcos é um dos poucos destaques na campanha do Palmeiras neste Campeonato Brasileiro. Mesmo com a situação complicada do time na competição, o argentino gerou até interesse de clubes europeus, como a Fiorentina, da Itália. Ainda com futuro indefinido, o ‘iluminado’ camisa 9 é visto como um exemplo para o treinador Gilson Kleina nestes últimos três jogos na liga nacional.

“Ele vive um momento especial, tínhamos que criar a luz do Barcos para todos. Ele é uma referência. Futebol é momento, e o dele é muito bom”, confessou o comandante, em entrevista para a Rádio Globo. Preocupado com uma possível perda de visibilidade na seleção argentina ao disputar a Série B, o Pirata não garantiu que fica no Verdão em 2013, embora tenha contratado até 2014.

Apesar da importância do centroavante para o time palmeirense, Kleina confessou que, em meio à batalha para seguir na elite do futebol nacional, não conseguiu conversar sobre o futuro do atleta. “Ainda não falei sobre a continuidade. Ele está sentindo muito a situação, quer o Palmeiras forte, mas temos que respeitar o projeto dele de disputar a Copa do Mundo. Mas acima de tudo acho que ele vai pensar que é tratado com carinho aqui”, acrescentou.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Artilheiro palmeirense na temporada, o centroavante Hernán Barcos está iluminado, segundo Gilson Kleina
Diante da ameaça de torcedores sobre alguns jogadores, Barcos avisou que, caso viva com medo na capital paulista, pedirá para ir embora. Até o momento, porém, a relação do jogador com os palmeirenses é tranquila, já que é um dos atletas mais queridos do elenco que conquistou a Copa do Brasil em julho deste ano, mas se vê próximo do rebaixamento à Série B.

Apesar do risco de ver sua principal peça ir embora, a ameaça próxima da volta para a divisão de acesso do futebol nacional é o que tem mobilizado a comissão técnica. “Nosso foco é na reta final do Brasileiro”, admitiu. “Sempre falei em projeto paralelo, que as coisas não poderiam deixar de acontecer (para 2013), mas tudo ainda passa por estes três jogos.”

Precisando enfrentar ainda Flamengo, Atlético-GO e Santos, o Palmeiras precisa de 100% de aproveitamento nestas partidas, além de torcer por tropeços de Sport, Bahia e Portuguesa. Sem antes falar nos jogos dos rivais, Kleina agora constatou que será necessário torcer por outros resultados favoráveis ao Verdão. A primeira partida desta reta final acontece no domingo, diante do Rubro-negro carioca, em Volta Redonda (RJ).

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade