Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Conselho não abre 2º turno e reelege Giovanni Luigi no Internacional

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

A maior eleição de um clube de futebol brasileiro em todos os tempos não aconteceu. Nesta quinta-feira, o Conselho Deliberativo do Internacional reelegeu o atual presidente do clube, Giovanni Luigi, em primeiro turno. Como os outros dois candidatos não obtiveram 25% dos votos entre os conselheiros, não haverá necessidade de votação entre os sócios para escolher o próximo mandatário colorado. Ao todo, mais de 73 mil associados estariam a participar do segundo turno, caso ele ocorresse.

Ao todo, 346 conselheiros estavam cadastrados para a votação. Só poderiam participar do segundo turno os dois primeiros candidatos, desde que fizessem ao menos 87 votos – um quarto do total do Conselho. Luigi obteve 160 votos, contra 80 de Luiz Antônio Lopes e 64 de Sandro Farias. Cerca de 10% do total de conselheiros (34 pessoas) deixaram de comparecer à eleição.

Giovanni Luigi assumiu o Internacional em janeiro de 2011, sucedendo Vitório Piffero, que era aliado de Lopes na eleição desta quinta. Seu novo mandato à frente do Colorado irá até o final de 2014. Nos dois anos à frente do Inter, Luigi conquistou dois estaduais e uma Recopa Sul-Americana. Mesmo com os três títulos, o presidente vem sendo fortemente contestado pelos torcedores devido à campanha irregular da equipe no Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade