Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Coritiba espera não repetir atuação pífia de derrota para o Timão

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

Sofrendo uma verdadeira blitz no início da partida no Pacaembu, o Coritiba não suportou a pressão e perdeu por 5 a 1 para o Corinthians, no Estádio do Pacaembu, tendo interrompida sua arrancada no Campeonato Brasileiro. O resultado elástico e atípico para atual fase do Alviverde, irritou o meia Rafinha, que saiu de campo envergonhado com a goleada sofrida.

“Temos que honrar a camisa do Coritiba. A gente sai com vergonha e serve de lição para durante a semana nós treinarmos mais forte. Entramos devagar. Isso serve para refletir para esses três jogos para encerrarmos o campeonato”, afirmou o jogador, que pede mais empenho nos treinos. “Só depois de 03 de dezembro que podemos pensar em férias. Foi a noite do vacilo, o time entrou relaxado”, completou.

Experiente, o meia Lincoln lembrou que durante a semana já foi previsto um duelo duro contra uma adversário embalado para a disputa do Mundial de Clubes, sendo inaceitável o apagão no início de partida. “Com toda a dificuldade que já teríamos, como seria normal da partida, e ainda tomar três gols com 15 minutos, dificulta para qualquer equipe. Nosso poder de reação não foi suficiente, não foi normal”, avaliou.

O zagueiro argentino Escudero, que reencontrou o ex-clube, acredita que foi uma apresentação fora da realidade alviverde, mas alerta que não pode se repetir na reta final. “Ainda temos três jogos para atuar e temos que terminar da melhor maneira. Esse não é o nível deste time. Mostramos ao longo do torneio. Mas, se jogarmos como hoje, vamos pagar muito caro”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade