Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Cuca lamenta erros de finalização e diz que meta é ficar em segundo

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O Atlético-MG tinha a intenção de lutar pelo título Brasileiro, mas acabou empatando o jogo contra o Vasco no Rio de Janeiro, situação que permitiu que o Fluminense se sagrasse campeão antecipado. O técnico Cuca lamentou as falhas de finalização do Galo, que acabaram com as últimas esperanças do time mineiro de levantar a taça. Cuca, porém, reconheceu os méritos do Fluminense e afirma que a briga agora é pela segunda colocação.

“Nós tínhamos uma meta, lutamos por ela no jogo, jogamos o suficiente em meio tempo para vencer e poderíamos ter vencido. Tivemos muitas finalizações, mas fomos infelizes. Também jogamos quase uma hora com um a menos, mesmo assim criamos. Mas lá, o Fluminense mereceu ser campeão pela campanha que fez, e nossa luta agora é para sermos o segundo. Hoje perdemos momentaneamente a posição, mas vamos trabalhar para domingo que vem nos recuperarmos”, declarou.

O comandante atleticano lamentou o fato de o Galo ter vacilado nos jogos fora de casa no returno, e pediu que os demais clubes sejam valorizados e não somente o campeão. Segundo ele, o Atlético-MG tem chances de assegurar o segundo lugar, que garante vaga direta na fase de grupos da Libertadores, condição que vários clubes gostariam de estar neste momento.

“Temos que ter noção do que é o Brasileiro e se formos valorizar só o primeiro, as outras equipes fizeram o quê? É um campeonato duro, muitos queriam estar no lugar do Atlético-MG e sabemos que podemos ser segundo. Pecamos fora de casa no returno e essa foi nossa perda. Agora temos três partidas para fazer o máximo de pontos e chegar em segundo”, disse.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade