Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

De volta ao time em derrota, Bolívar opina: “O Inter não é assim”

Campinas (SP)

Depois de dois meses afastado das partidas do Internacional no Campeonato Brasileiro, o zagueiro Bolívar voltou a ser titular neste domingo, quando a equipe foi derrotada por 1 a 0 pela Ponte Preta em mais uma atuação abaixo do esperado. Mesmo estando fora da equipe em boa parte da competição, o ex-capitão opinou a respeito da fase do Colorado, sem ambições para as três rodadas finais.

“A gente aceitou fácil demais essa derrota e no Inter não é assim, não pode ser dessa maneira”, bradou o zagueiro, titular do técnico Fernandão ao lado de Juan apenas em função das ausências de Índio e Rodrigo Moledo, suspensos, e de Jackson, que está lesionado. Recuperado de tendinite na coxa direita desde o início de outubro, mas sem ser utilizado entre os titulares, não impediu a derrota em Moisés Lucarelli.

“É complicado, porque a gente lutou até o final, brigou, mas acabou não sendo o resultado esperado. Eu estava há tempo sem jogar, mas vinha treinando normalmente e essa ausência foi por opção do Fernandão, a quem eu respeito muito. Vamos tentar ajudar nessa reta final, respeitando os companheiros, porque o Inter merece essa dedicação”, encerrou o zagueiro Bolívar, de olho em novas chances nas três rodadas finais do Campeonato Brasileiro.

Com ou sem Bolívar, o Inter praticamente deu adeus ao sonho de se classificar para a próxima edição da Copa Libertadores. Em caso de vitória, terminaria a rodada a apenas cinco pontos do São Paulo, derrotado pelo Grêmio neste domingo. Em oitavo lugar, o Colorado não é mais seduzido pelas chances matemáticas – são oito pontos de distância em nove a serem disputados.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade