Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Duelo entre São Paulo e Fluminense opõe líderes do turno no Morumbi

Tossiro Neto e Gabriel Carneiro São Paulo (SP)

O Morumbi será palco de um grande duelo neste domingo, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Respectivamente vice-líder e líder do segundo turno, São Paulo e Fluminense medem forças a partir de 17 horas (de Brasília).

A equipe paulista, devido à arrancada na segunda metade da competição, firmou-se na quarta colocação da classificação geral, sete pontos acima do Internacional, primeiro clube fora do G-4, faixa da tabela que dá vaga para a próxima edição da Copa Libertadores.

Mas a atual posição não satisfaz o técnico Ney Franco e seus comandados. Embalado pela expressiva vitória sobre a Universidad de Chile, em Santiago, pelas quartas de final de Sul-americana, o São Paulo ainda sonha com o vice-campeonato brasileiro.

"Só que, além de a gente ter que fazer nosso papel, você fica dependente do tropeço do Atlético-MG e Grêmio. Então acho que temos que fazer nosso papel. Ganhando nossos jogos, se por algum motivo os líderes tropeçarem... Só que a gente não depende só da gente. Seria muito interessante finalizar o campeonato no segundo lugar, porque você entra direto na fase de classificação da Libertadores. Isso muda o planejamento da próxima temporada", comenta o treinador.

Luiz Pires/VIPCOMM
Luis Fabiano está de volta após desfalcar a equipe tricolor no meio de semana por conta de dores musculares
Das baixas no meio de semana, o único retorno será o de Luis Fabiano. Enquanto o zagueiro Paulo Miranda segue vetado por conta de entorse no joelho esquerdo, o atacante retoma a posição que foi ocupada por Willian José, autor dos dois gols da vitória sobre La U.

"Todo mundo ficou muito feliz com a atuação do Willian. Ele é um cara simples, amigo, está sempre junto. Sempre acreditei no potencial dele. A gente o zoou no vestiário para comemorar", disse o meia-atacante Lucas, principal destaque na rodada passada do Brasileiro, tendo balançado a rede três vezes no triunfo por 4 a 2 sobre o Sport.

Para dissipar a ansiedade da iminente conquista do Campeonato Brasileiro, o Fluminense até viajou dois dias mais cedo para a capital paulista, onde treinou na sexta-feira e no sábado. O discurso do grupo de jogadores, no entanto, é de que não há pressão pelo tetracampeonato nacional. “É um jogo como outro qualquer e estamos pensando desse jeito. Mesma responsabilidade e mesma importância de todos os jogos tivemos até hoje”, resume o goleiro Diego Cavalieri.

De acordo com as contas do técnico Abel Braga, que chegou a se contradizer ao citar que os jogadores deveriam "ignorar a matemática", oito pontos dividem o Fluminense e a taça do Campeonato Brasileiro de 2012, muito mais próxima das Laranjeiras do que da Cidade do Galo. Garantido na Copa Libertadores da próxima temporada, o time carioca soma 72 pontos, já tendo ultrapassado as marcas de Corinthians, Flamengo e do próprio Fluminense, os três últimos campeões.

A cinco partidas do fim, Abel Braga não contará com seus dois armadores de jogadas à disposição no elenco: Deco, que sofreu estiramento muscular grau um na coxa, e Wagner, que teve pubalgia diagnosticada justamente após a vitória por 2 a 1 para cima do Coritiba, na última rodada. Assim, o comandante tricolor deve mudar a formação, adotando o 4-3-3 com a entrada de Rafael Sóbis e a manutenção da melhor dupla de ataque do País em 2012: Wellington Nem e Fred.

"O São Paulo tem uma formação ofensiva com três atacantes. E o empate para nós não é ruim. Eu até poderia colocar mais um volante e adiantar o Jean, mas se o time perde vão falar que eu tive medo. Não tenho medo de perder. Jogando para frente não vão poder falar isso. Se o São Paulo virá com três atacantes, por que eu vou com dois? Vai ganhar quem jogar mais e sem medo. Estou indo para vencer", disse Abel Braga, que optou por Rafael Sóbis ao invés de Higor e Valencia, volantes de ofício.

Arte GE.Net
FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X FLUMINENSE

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 4 de novembro de 2012, domingo
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Guilherme Dias Camilo (MG)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Wellington, Denilson e Jadson; Lucas, Osvaldo e Luis Fabiano
Técnico: Ney Franco

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean e Thiago Neves; Wellington Nem, Rafael Sóbis e Fred
Técnico: Abel Braga

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade