Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Erro de comunicação em mudança de treino gera desconforto no Verdão

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

O Palmeiras enfrentou um problema de organização na reapresentação do elenco nesta terça-feira. Por determinação da comissão técnica, a volta aos trabalhos foi transferida do período da manhã para a tarde, mas os outros setores do departamento de futebol não foram informados da alteração por parte do setor administrativo.

Com isso, médicos, profissionais da rouparia, assessores e até alguns atletas chegaram à Academia de Futebol pela manhã. O técnico Gilson Kleina correu ao CT para conceder entrevistas e admitir a falha na logística.

“Na verdade, nós mudamos o horário de volta de Araraquara, que estava previsto para 23h30 do domingo, mas chegamos só às 3h30. Por uma recuperação melhor, invertemos o treinamento, mas cometemos um erro de comunicação interno e não passamos para a assessoria”, afirmou o técnico.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Gilson Kleina mudou o horário do treino desta terça-feira, mas ninguém avisou outros setores do clube
A reportagem da GE.Net entrou em contato com um dos responsáveis pelo setor administrativo, Léo Piffer. No entanto, o supervisor de futebol não quis se pronunciar sobre o assunto. “Não posso falar sobre isso, converse com a assessoria de imprensa”, afirmou.

Com a mudança, a volta aos trabalhos do elenco completo será na tarde desta terça-feira. Já pela manhã, apenas os jogadores que se recuperam de lesões trabalharam no CT.

Os problemas administrativos vêm gerando mal-estar nos bastidores do clube. Recentemente, o Palmeiras deixou de enviar representantes à reunião da Federação Paulista de Futebol.

Já em outro caso, a comissão técnica não foi informada de que Hernán Barcos está pendurado com dois cartões amarelos. O atacante poderia ter forçado a terceira advertência antes de defender a seleção argentina, mas não sabia da possibilidade.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade