Futebol/Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Leão fala sobre situação do Palmeiras: "Não podem ter medo"

São Paulo (SP)

Folclórico técnico de futebol, Emerson Leão comentou, nesta terça-feira, sobre a difícil situação que vive o Palmeiras, clube que defendeu como jogador e treinador. Em entrevista ao programa Jogo Aberto , da TV Bandeirantes, o ex-goleiro ressaltou que o Alviverde não pode ‘ter medo’.

“Vejo que o Kleina está altamente preocupado, mas também com medo. É complicado. E o atleta hoje também é muito sensível, não podemos falar nada, temos que estar sorrindo sempre. Quem estiver com medo, que fique em casa. Como é que pode jogar com medo”, afirmou o técnico.

Leão também opinou sobre a diretoria do Verdão. Para ele, o presidente Arnaldo Tirone precisa de uma espécie de diretor pára-raio para conter as críticas. “O Arnaldo (Tirone) é um cara muito introvertido, ele precisa de ‘ministros’ para o ajudarem. Toda a culpa não pode cair sempre em cima dele”, argumentou.

Sobre sua carreira, o técnico ressaltou que teve um bom aproveitamento no São Caetano, clube que o demitiu após 12 jogos, e alfinetou o técnico Marcelo Oliveira, que deixou o Vasco nesta segunda-feira e pode acertar com o Cruzeiro para 2013.

“Fiz um favor para o presidente do São Caetano (Nairo Ferreira de Souza), que é meu amigo, e tive um ótimo aproveitamento lá. Aí você vê treinador do Vasco, que saiu com um aproveitamento baixíssimo e já está contratado por um novo time”, finalizou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade