Futebol/Seleção Brasileira - ( - Atualizado )

Mano Menezes ressalta esquema da Seleção e defende Neymar

Nova Jersey (Estados Unidos)

Apesar da frustração dos torcedores com o empate em 1 a 1 diante da Colômbia no milésimo jogo da Seleção Brasileira, o técnico Mano Menezes exaltou a atuação da equipe. Após o jogo, o treinador comemorou a maior posse de bola do time (59%, contra 41% dos colombianos) e disse que vem gostando das apresentações do novo esquema, que não conta com um centroavante de ofício.

“De modo geral, gostei da atuação, apesar de não termos conseguido a vitória. Tivemos maior posse de bola e criamos várias oportunidades. Estamos ajustando essa nova maneira de jogar que eu escolhi para os últimos jogos e a resposta que a Seleção me deu diante da Colômbia mostra que estamos no caminho certo”, afirmou.

Sobre a penalidade perdida por Neymar, o técnico lamentou o erro, mas fez questão de ressaltar que alguma problema na grama pode ter atrapalhado o craque brasileiro. “O gramado tornou a cobrança do pênalti em algo mais difícil do que o habitual”, disse.

Por fim, Mano também eximiu o zagueiro Leandro Cástan, que atuou improvisado na lateral esquerda, pelo erro no gol colombiano. No lance, o ex-corintiano foi driblado com facilidade pelo ala Cuadrado, da Colômbia.

“Não acredito que Castán tenha sido o culpado pelo gol que tomamos. Acabamos perdendo uma bola no meio e o James Rodriguez, que é um jogador capacitado, conseguiu acertar uma bela metida e acabamos sofrendo o gol”, finalizou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade