Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( )

Marcos Rocha espera ter chance na Seleção e pede permanência de R49

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O lateral Marcos Rocha, que voltou a ser chamado pelo técnico Mano Menezes, para defender a Seleção Brasileira, no Superclássico das Américas, afirmou que espera ter chances de atuar alguns minutos no duelo contra a Argentina. O jogador disse que a convocação é resultado do bom trabalho feito no Galo nesta temporada.

“Acho que a convocação é fruto do trabalho que tenho feito no Atlético-MG. Quem sabe ao menos uns 15 minutinhos eu possa mostrar meu trabalho”, disse Marcos Rocha, que revela que o sonho de defender a Seleção Brasileira chegou antes do esperado.

“Sinceramente era um sonho um pouco mais distante, pelo momento que vivia, por ter sido rebaixado com o América-MG. Mas fiz um bom ano e o bom momento do Atlético-MG ajudou. Isso é fruto do trabalho que foi implantado no Atlético-MG”, declarou.

Mano Menezes não convocou o meia-atacante Ronaldinho Gaúcho, mas não opinião de Marcos Rocha o craque deveria ter nova chance no Brasil. O lateral do Galo acredita que o fato de Ronaldinho não ter sido chamado pode até ser bom para o Atlético-MG, porque evita o interesse de outros clubes no atleta. Marcos Rocha pede a permanência de R49, e lembra que antes do Galo ninguém queria o jogador.

“A gente espera que ele fique. Foi um jogador que voltou a jogar bem, que ajudou muito ao grupo. Esperamos que o presidente possa fazer o impossível por ele. A gente sabe que a cobiça por ele está muito grande, mas há seis meses, quando ele veio, ninguém queria ele. Agora todo mundo quer tirar o Ronaldinho da gente", disse.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade