Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Maurício Ramos prevê “dia maravilhoso”, mas torcida causa tensão

Marcos Guedes Volta Redonda (RJ)

Até o início do jogo, dentro do possível diante das circunstâncias, é tranquilo o domingo da delegação do Palmeiras. O ônibus da equipe alviverde chegou escoltado por muitos carros da polícia e não foram registrados maiores problemas no trajeto de Barra do Piraí, local da concentração, a Volta Redonda.

“O dia de hoje será maravilhoso”, disse o zagueiro Maurício Ramos, marcado por falhas em rodadas anteriores. “Estamos confiantes na vitória”, concordou o atacante Maikon Leite, a caminho dos vestiários do estádio Raulino de Oliveira.

Menos tranquila foi a chegada de torcedores do Verdão. Após um trajeto sem maiores problemas de 13 ônibus, uma confusão entre cerca de dez palmeirenses e flamenguistas, com troca de agressões, teve de ser controlada por policiais.

Do lado de dentro do estádio, as provocações não fugiram ao esperado. À medida que se aproximava a partida, começaram os gritos da torcida do Flamengo: “Ão, ão, ão, segunda divisão”.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade