Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Montillo minimiza discussão com Sandro Silva e já pensa em 2013

Belo Horizonte (MG)

No jogo em que voltou ao time do Cruzeiro, Montillo teve um atrito com o volante Sandro Silva na saída de campo para o intervalo. O meia, porém, garante que o desentendimento não foi além de uma cobrança pela desvantagem no placar. Àquela altura da partida, Santos já vencia por 2 a 0, o que deixou os jogadores irritados uns com os outros.

“A gente briga dentro do jogo, por causa do calor da partida. Não é nada pessoal, é dentro de campo, mas não podemos perder como perdemos hoje. Hoje só um time jogou, o Santos”, disse o argentino, visivelmente insatisfeito com o 4 a 0 em pleno estádio Independência.

Sandro Silva não voltou para o segundo tempo – foi substituído pó Fabinho –, mas sua alteração não teve qualquer relação com a discussão com o camisa 10 ou com a má atuação individual. O treinador Celso Roth garante que a alteração foi uma tentativa de ganhar o jogo.

“Tirei o Sandro no intervalo pelo resultado, não foi por problema técnico. Foi porque precisávamos mudar o jogo, mas não conseguimos nem com a alteração”, comentou.

Já sem ambições no Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro convive com a parte intermediária da tabela. Matematicamente ainda ameaçado de rebaixamento, o clube precisa somar para já poder se programar para a próxima temporada.

“Temos de conseguir o maior número de pontos possíveis e torcer para que o ano acabe logo, porque a gente tem muita coisa pra ajustar para 2013”, afirmou Montillo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade