Futebol/Brasileirão Série A - ( - Atualizado )

Nas Laranjeiras, Fred não treina, mas joga contra o Sport no domingo

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

O atacante Fred foi a ausência mais sentida no treino do Fluminense, realizado na manhã desta sexta-feira, nas Laranjeiras. O jogador foi liberado pela diretoria para viajar a Belo Horizonte por conta da morte de dona Lourdes, sua avó, que faleceu nesta quinta. Apesar disto, o aproveitamento do jogador não será dúvida no jogo deste domingo, às 17 horas (de Brasília), contra o Sport, na Ilha do Retiro, no Recife, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Ele foi confirmado pelo técnico Abel Braga.

“O Fred vai jogar. Ele foi liberado para o enterro da avó, mas se reapresenta amanhã (sábado) e viaja conosco”, disse Abel.

Fred não participou de nenhum treino com o elenco, que ganhou folga na segunda-feira. Nas atividades de terça e quarta ele foi desfalque por se apresentar com a Seleção Brasileira na disputa do Superclássico das Américas diante da Argentina. Na quinta-feira o jogador estava retornando de viagem e foi liberado para evitar um desgaste maior. Apesar de o Tricolor ter conquistado o título brasileiro por antecipação, Fred tem uma motivação a mais para jogar, já que pretende terminar a competição na artilharia. Ele lidera a corrida atualmente, com 19 gols, três a mais que Luís Fabiano, do São Paulo, seu perseguidor mais próximo.

Nelson Perez/Fluminense FC
O técnico do Fluminense, Abel Braga, não pôde contar com Fred, mas confirmou atacante para domingo
Caso Fred não pudesse enfrentar o Sport a tendência era a de que Samuel fosse o escolhido para o setor, uma vez que o atleta treinou entre os titulares nesta sexta. O jogador teria então uma oportunidade para mostrar que pode dar conta do recado na ausência do artilheiro, já que a diretoria se movimenta para contratar um jogador para o setor. O temor dos dirigentes é que Fred perca muitos jogos em 2013, ano que será chave para a Seleção, na Copa das Confederações. O Tricolor, porém, quer peças de reposição, já que vai jogar na mesma temporada o Campeonato Carioca e o Campeonato Brasileiro, competições em que defende o título, além da Copa do Brasil e da Copa Libertadores América, esta última a prioridade.

Ainda em relação ao treino desta sexta, o jovem meia Higor trabalhou entre os titulares. O jogador ocupou o posto de Deco, liberado para resolver problemas particulares e que também está com uma virose. O brasileiro naturalizado português, inclusive, será poupado no domingo. O goleiro Diego Cavalieri e o meia Thiago Neves, que foram preservados na quinta-feira por terem jogado 90 minutos pelo Brasil, trabalharam normalmente.

A principal novidade ficou por conta da entrada do volante colombiano Valencia na vaga de Edinho, que deverá ser preservado no domingo, pois vem apresentando sinais de desgaste muscular.

O Tricolor tem dois desfalques certos para o duelo contra o Sport. O lateral direito Bruno e o zagueiro Gum foram advertidos com o terceiro cartão amarelo na derrota para o Cruzeiro e terão que cumprir suspensão. Assim, Wallace entrará na lateral e Digão será o companheiro de zaga de Leandro Euzébio. Em compensação, Carlinhos, que cumpriu suspensão diante da Raposa, reaparece no posto de Carleto.

Nelson Perez/Fluminense FC
Jogadores do Fluminense protestaram contra a aprovação de lei dos royalties do prtóleo, que prejudicará o Rio
Sem maiores dúvidas, o Fluminense deverá ir a campo neste domingo com a seguinte formação: Diego Cavalieri; Wallace, Digão, Leandro Euzébio e Carlinhos; Valencia, Jean, Higor e Thiago Neves; Rafael Sóbis e Fred. Neste sábado pela manhã os relacionados para a viagem se apresentam diretamente no aeroporto, enquanto que os demais participam de um coletivo nas Laranjeiras.

Durante as atividades os jogadores comemoraram a divulgação da lista pela CBF dos melhores do Brasileirão deste ano. Abel Braga foi escolhido o melhor técnico da disputa, enquanto que Fred foi eleito o craque da competição. A seleção do Nacional conta ainda com quatro tricolores: Diego Cavalieri, Carlinhos, Jean e Fred.

Antes do treino desta sexta-feira os jogadores posaram para fotos com uma camisa que dizia: "Veta, Dilma: contra a injustiça em defesa do Rio". O ato foi mais um protesto contra a aprovação da nova lei de distribuição dos royalties do petróleo, que diminuirá as receitas do estado do Rio de Janeiro. As imagens serão exibidas em um telão na segunda-feira, durante ato popular na Cinelândia, cenário histórico de manifestações políticas na capital carioca.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade