Seleção Brasileira/Amistosos - ( - Atualizado )

Neymar perde pênalti e estraga a festa do milésimo jogo da Seleção

Nova Jersey (Estados Unidos)

Em duelo histórico pelos 1.000 jogos da história da Seleção Brasileira, o time comandado por Mano Menezes encarou uma forte Colômbia em Nova Jersey e teve trabalho para empatar por 1 a 1. Depois de sair atrás no placar e conseguiu buscar o empate em belo gol de Neymar, a equipe brasileira teve a chance de virar o resultado, mas o camisa 11 isolou cobrança de pênalti já na reta final da partida.

Após começar melhor e perder diversas chances de gol e dominar o grande astro Falcao García, o Brasil foi castigado nos minutos finais da primeira etapa. Sem vigiar de perto o jovem James Rodríguez, a zaga amarelinha viu o armador deixar Cuadrado em condições de marcar e vazar Diego Alves pela primeira vez com a camisa canarinho.

No segundo tempo, os brasileiros seguiram parando nas defesas de Ospina e nem mesmo as atuações de Paulinho e Kaká foram suficientes para dar um resultado melhor para o jogo festivo. Sem mais compromissos em 2012, os jogadores ‘estrangeiros’ se despedem da Seleção, enquanto os que atuam no Brasil ainda têm a finalíssima do Superclássico das Américas, contra a Argentina, em La Bombonera, na próxima quarta-feira.

Mowa Press
Depois de receberem medalhas comemorativas, jogadores exibiram faixa de agradecimento da CBF
O jogo – Com filosofias parecidas dentro de campo, as seleções fizeram uma espécie de revezamento entre quem trocaria passes na defesa e quem marcaria a saída de bola adversária. Mais solto nos primeiros minutos, o Brasil chegou com perigo após Paulinho achar Oscar no meio da zaga e o camisa 10 rolar para chegada de Kaká. O meia do Real Madrid soltou a bomba e a bola passou rente à trave direita.

Sofrendo com as descidas do ex-palmeirense Pablo Armero, Daniel Alves resolveu devolver na mesma moeda e encontrou Neymar sozinho na marca do pênalti. O santista cabeceou forte e David Ospina fez milagre em Nova Jersey. Já sem levar muitos sustos com Falcao García, dominado por Thiago Silva, a Seleção partiu para o ataque e, em chute colocado de Kaká, acertou o travessão.

Mowa Press
Autor do gol colombiano, Juan Cuadrado foi o grande nome da partida e deu muito trabalho a Castán
Já nos minutos finais do primeiro tempo, James Rodríguez, a outra estrela colombiana, saiu da ponta esquerda e se juntou ao veloz Juan Cuadrado para infernizar o improvisado Leandro Castán. Com estilo, o camisa 10 olhou para um lado e acertou belíssimo passe para o lateral direito invadir a área em velocidade e fuzilar Diego Alves. O gol foi o primeiro sofrido pelo goleiro pelo selecionado de Mano Menezes.

Logo na volta do intervalo, os brasileiros tentaram retomar a igualdade no placar, mas, após enfiada de Kaká, Neymar foi parado novamente por ótima defesa de Ospina. Nos contra-ataques, a Colômbia assustava com James e contou com o goleiro até os 18 minutos, quando Neymar fez fila na defesa, cortou para o meio e bateu com estilo para, finalmente, deixar tudo igual.

Sem se abalar, o time comandado pelo argentino José Pekerman respondeu na sequência em cabeçadas de Falcao e James, ambas defendidas com segurança por Diego Alves. Para retomar a vantagem, os colombianos passaram a pressionar e Mano lançou Lucas para apostar nos contra-ataques pelas pontas, mas o empate persistiu até o apito final do árbitro.

Mowa Press
Vai com calma! Neymar faz golaço após atuação apagada, mas fecha a noite como vilão ao perder pênalti

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade