Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Neymar tem pena revertida pelo STJD e poderá enfrentar o Atlético-GO

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

O atacante Neymar foi novamente julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), pela sua expulsão no empate com o Grêmio, no dia 30 de setembro, no Estádio Olímpico. A Joia, que vinha atuando mediante efeito suspensivo, após ter sido condenado a dois jogos de punição no primeiro julgamento, teve a sua pena revertida para doação de R$ 10 mil, além de visita a uma instituição de caridade.

Como já cumpriu uma partida de suspensão, no empate com o Internacional-RS, no dia 6 de outubro, na Vila Belmiro, Neymar está livre para enfrentar o Atlético-GO, no próximo sábado, a partir das 19h30 (horário de Brasília), no Estádio Bezerrão, no Gama (DF). O Dragão é o lanterna do Campeonato Brasileiro e já está rebaixado para a Série B.

Neymar havia sido suspenso pelo cartão vermelho recebido por conta do pisão em Pará, lateral do time gaúcho. O árbitro da partida, Nielson Nogueira Dias, que foi enquadrado em três artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), também entrou com recurso e conseguiu a absolvição.

Liberado pelo STJD, o camisa 11 do Peixe tem as últimas quatro rodadas para tentar alcançar a artilharia do Brasileirão. Com 12 gols marcados na competição, a Joia ainda vê certa distância lhe separar de Fred, do Fluminense, primeiro colocado dentre os goleadores, com 17 tentos marcados. O centroavante do Tricolor Carioca é seguido de perto por Luis Fabiano, do São Paulo, com 16 gols.

Empatado com Aloísio, do Figueirense, Neymar ainda tem a sua frente Bruno Mineiro, da Portuguesa, com 14 gols, bem como a dupla Kieza, do Náutico, e Barcos, do Palmeiras, com 13.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade