Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Quase campeão, Fluminense minimiza momento ruim do Palmeiras

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Lutando para conquistar o título do Campeonato Brasileiro por antecipação, o Fluminense sabe que precisa vencer o Palmeiras neste domingo, às 17h (de Brasília), no Estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente (SP), pela 35ª rodada da competição. Vendo a situação dos times na tabela, a tarefa nem parece das mais complicadas, uma vez que o Verdão faz péssima campanha e está muito perto de ser rebaixado para a Série B. Porém, o pensamento dos tricolores caminha no sentido de que o duelo será um dos mais complicados da competição e o momento vivido pelos paulistas parece ser minimizado no discurso dos cariocas.

Na visão do zagueiro Gum, um dos mais experientes do atual elenco do Fluminense, a partida deste domingo vai ser mesmo uma parada dura. Em 2009, o defensor viveu situação parecida com a dos palmeirenses no próprio Tricolor carioca. Há três anos o clube das Laranjeiras evitou o rebaixamento, que era dada como certo, e passou a ter seus jogadores chamados de "guerreiros" pelos torcedores.

“O Palmeiras não vai ser um adversário fácil, pois vai jogar a sua vida dentro do Campeonato Brasileiro. Não vai ser nem um pouco tranquilo, muito pelo contrário. É um jogo com pressão para os dois lados. Nós queremos ganhar para nos aproximarmos do título, independentemente dele vir agora ou depois, enquanto que eles pretendem permanecer na Série A”, destacou Gum.

Ainda sobre o jogo contra o Palmeiras, a diretoria do Fluminense não divulgou nenhuma estratégia especial de segurança para a sua permanência em Presidente Prudente, mesmo com o jogo sendo tratado como de alto risco por poder definir o rebaixamento do clube paulista. Porém, não está descartada a contratação de seguranças particulares no interior de São Paulo.

Em termos de escalação, Abel Braga já confirmou que vai repetir a formação que empatou com o São Paulo. O goleiro Diego Cavalieri, recuperado de dores no ombro direito, está garantido. O esquema com três atacantes também segue, pois Rafael Sobis continua sendo o preferido para o posto do meia Deco, que continua vetado por conta de um estiramento muscular na coxa direita.

Dessa maneira, se nada de anormal acontecer até a hora do jogo, o Fluminense vai a campo neste domingo com a seguinte escalação: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean e Thiago Neves; Wellington Nem, Rafael Sobis e Fred.

Neste sábado pela manhã os jogadores participam de um recreativo nas Laranjeiras e depois a delegação embarca para São Paulo.

Fora de campo a diretoria foi informada que a conquista do título do Campeonato Brasileiro vai render aos cofres do clube R$ 9 milhões somente com a premiação a ser paga pela CBF. O dinheiro será repassado ao campeão, via cheque, somente no dia 3 de dezembro, quando a entidade máxima do futebol brasileiro vai promover a festa para premiar os melhores da competição. Os dirigentes do clube carioca ainda não se posicionaram oficialmente sobre a forma como essa quantia será utilizada, mas é certo que parte vai servir para pagar algumas dívidas emergenciais. Outro percentual provavelmente será cedido aos atletas como premiação pela conquista da taça.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade