Futebol Internacional/Mercado - ( - Atualizado )

Riquelme admite possível retorno: “Quero saber que quer o Boca”

Buenos Aires (Argentina)

Afastados dos gramados desde a derrota do Boca Juniors para o Corinthians na final da Copa Libertadores de América, Juan Román Riquelme pode voltar ao futebol. Depois de anunciar sua saída do clube argentino, o camisa 10 já flerta reaproximação e estabeleceu um prazo para decidir.

“Na metade de dezembro, vejo que decisão tomo. Quero saber que quer o Boca. Tenho que me sentar e falar com eles se quero ir jogar em outro lugar. E também vou escutar a resposta do Boca, se acreditam que precisam de mim ou não”, disse o meia, que é considerado um dos maiores ídolos da torcida xeneize.

Assunto recorrente quando se fala da saída do atleta do clube portenho, o mau relacionamento com o técnico Julio César Falcioni foi mais uma vez negado por Riquelme.

AFP
O último jogo de Riquelme foi em 4 de julho, quando o Boca perdeu por 2 a 0 para o Corinthians, no Pacaembu

“Com Falcioni nunca tive problemas. Deixar o Boca foi uma decisão minha. O presidente do Boca (Daniel Angelici) pode te cair bem ou mal, mas eu falei pessoalmente com ele. Sempre tentamos solucionar todos os temas e solucionamos coisas para todos os companheiros”, destacou.

Em dezembro, Riquelme completará cinco meses sem disputar uma única partida oficial. Há pouco mais de um mês, o craque dissera que vinha jogando futebol semanalmente com amigos. Além do futebol, jantares com amigos e churrascos com a família fizeram parte da dia-a-dia do jogador.

“Estou melhor que no semestre passado. Estou com muita tranqüilidade, me sinto com muita alegria e desfrutando de muitas coisas que eu não podia antes”, comentou.

Aos 34 anos, o camisa 10 tem um currículo invejável na equipe de La Bombonera. São 11 títulos com a camisa xeneize, incluindo três Libertadores e um Mundial de Clubes.

AFP
Riquelme viu mais de cinco mil torcedores nos arredores de La Bombonera pedindo que ele ficasse no Boca

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade