Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Roth arma Cruzeiro e diretoria admite interesse em Marcelo Oliveira

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Depois de armar o Cruzeiro com quatro volantes no primeiro trabalho tático da semana, o técnico Celso Roth parece ter mudado de ideia, e nesta quinta-feira, esboçou a Raposa com uma formação mais ofensiva. As novidades ficaram por conta do volante Leandro Guerreiro, que treinou como zagueiro e do jovem Elber, que ocupou a vaga de Montillo, que terá que cumprir suspensão contra o Bahia.

O time que iniciou o treinamento teve a seguinte formação: Fábio, Diego Renan, Thiago Carvalho, Leandro Guerreiro e Everton; Sandro Silva, Marcelo Oliveira, Tinga e Elber; Martinuccio e Anselmo Ramon. Diego Renan treinou na lateral direita porque Ceará terá que cumprir suspensão ante o Bahia, no próximo domingo.

Outra novidade, mas na equipe reserva foi a presença do meia Souza, que discutiu com Celso Roth e chegou a ficar fora da relação de convocados para o duelo contra o Santos. Os reservas treinaram com: Rafael, Ceará, Rafael Donato, Mateus e Diego Arias; Willian Magrão, Charles, Souza, Wallyson, Fabinho e Wellington Paulista.

Marcelo Oliveira: O diretor de futebol, Alexandre Mattos, admitiu nesta quinta-feira, que o Cruzeiro fez contato com o técnico Marcelo Oliveira para comandar o time celeste na próxima temporada. “O Cruzeiro conversou, sim, com o Marcelo. É um nome, sim, que agrada à direção do Cruzeiro. Por tudo aquilo que a gente vê do Cruzeiro neste momento, não podemos oficializar nada, até porque temos um profissional sério, que vem trabalhando e vai ficar até o final do campeonato”, disse Mattos em entrevista à Rádio Itatiaia.

O dirigente disse ainda que a contração de Marcelo Oliveira ainda não é oficial. “O Marcelo é uma possibilidade real, uma possibilidade onde encontramos, onde conversamos, onde traçamos algumas coisas, mas só isso. O Cruzeiro, no momento certo e oportuno, tenho de insistir nisso, aí sim o Cruzeiro pode falar oficialmente sobre qualquer contratação”, afirmou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade