Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( )

Sem explicações, jogadores do Atlético-PR lamentam tropeço

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

O Atlético Paranaense desperdiçou em casa uma ótima oportunidade de se consolidar no G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro e praticamente deu adeus às chances de título na competição ao empatar em 1 a 1 com o América-RN, em Curitiba. O atacante Marcelo não encontrou justificativas para o resultado e para a queda de rendimento após o intervalo, quando o time vencia a partida.

“Trabalhamos, buscamos, tentamos o gol todo momento e conseguimos no primeiro tempo. Depois demos uma caída e não sei explicar o que aconteceu. Isso não pode, um tropeço desses em casa, em um clube que quer subir”, lamentou o jogador, que ao contrário do que aconteceu diante do Azulão viu um time com dificuldade para marcar gols. ”Nem todo jogo a bola vai entrar. Queríamos que fosse assim, mas nem sempre é possível”, emendou.

Sem esconder a decepção pelo empate, o volante Deivid lembrou que o adversário, sem maiores compromissos na competição, veio com um ferrolho armado e dificultou as ações. “Não era o resultado que nós queríamos. Dentro de casa é nossa obrigação vencer. Não tem adversário fácil. Em uma bola do adversário, ela entrou. Eles vieram só para marcar. Mas tem três jogos pela frente”, ponderou.

O atacante Marcão também destacou a forte marcação do Mecão e já pensa no ASA, adversário de sexta-feira, em Arapiraca. “Eles vieram todo fechadinhos e não encaixamos uma troca de passes, que é o que temos de melhor. Ficamos chateados com o resultado, queríamos os três pontos, mas vamos levantar a cabeça que sexta-feira tem mais”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade