Futebol/Campeonato Espanhol - ( - Atualizado )

Sergio Ramos admite problemas com Mourinho, mas nega rixa no Real

Madri (Espanha)

As constantes discussões entre jogadores espanhóis e portugueses do Real Madrid voltaram a ser assunto nesta quarta-feira. Após a imprensa local especular sobre uma possível rixa entre os atletas de nacionalidades distintas, o lateral direito Sergio Ramos se viu na obrigação de vir a público para encerrar as especulações e negar qualquer tipo de problema dentro do elenco.

O espanhol ainda admitiu que teve desentendimentos com o técnico José Mourinho, mas negou ter organizado um motim contra o seu treinador. O lateral afirmou que todos os problemas foram resolvidos dentro dos vestiários do Santiago Bernabéu e elogiou o clima amistoso que é mantido nos bastidores da equipe.

“Tivemos as nossas diferenças em certos momentos e, o que tivemos de esclarecer, fizemos cara a cara sem mais ninguém saber. Atualmente a relação é muito boa”, destacou Sergio Ramos, em entrevista à Cadena SER.

Outra polêmica abordada pelo jogador condiz com o episódio envolvendo o zagueiro Pepe e alguns atletas do Levante. Após a vitória por 2 a 1 sobre o clube de Valência, o jogador português teria dançado na porta do vestiário adversário e provocado os demais com alguns insultos. A atitude teria desencadeado uma áspera discussão e até troca de agressões físicas.

“Supostamente, o jogador Ballesteros entrou no vestiário para saber do estado de Cristiano Ronaldo (o português levou uma cotovelada durante o jogo e precisou ser substituído no intervalo), mas Pepe estava lá. Não houve qualquer agressão grave, apenas algumas palavras e empurrões. Mas, felizmente, chegamos para os separar”, finalizou.

AFP
O lateral Sergio Ramos tratou de negar qualquer motim organizado contra o técnico José Mourinho

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade