Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Sob chuva forte, corintianos treinam com a bola do Mundial

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Com três times em campo, o Corinthians fez um trabalho técnico na manhã desta terça-feira, no CT do Parque Ecológico. Sob uma chuva forte, os jogadores treinaram com a bola que será utilizada no Mundial, no próximo mês, no Japão. Ela vem sendo testada desde a semana passada.

Fábio Santos, que se recupera de uma lesão na coxa direita, não foi ao gramado. Também não pisou no campo pesado o zagueiro Paulo André, cujos joelhos problemáticos pedem um cuidado constante do departamento médico alvinegro.

Os demais titulares encararam a chuva e trabalharam em preparação para a partida de domingo, contra o São Paulo, no Pacaembu. Cássio fez um trabalho específico com os demais goleiros e falou sobre a dificuldade que a mudança de bola no Japão pode provocar.

Divulgação/Agência Corinthians
Felipe e Paulinho encaram a chuva e brigam pela bola que será utilizada no Mundial de Clubes
“A bola da Adidas é mais rápida, é diferente. Quanto mais de longe o chute, pior, porque ela balança e é mais leve. Mas vamos nos adaptar”, disse o goleiro Cássio, patrocinado pela Nike, que produz a bola utilizada no Campeonato Brasileiro.

Já Tite, apesar da preocupação em habituar os atletas ao novo modelo, não vê grandes desafios. “O padrão de qualidade das duas é bom. Em outros momentos, a textura era mais lisa, ela escorregava mais. Agora está um pouquinho mais áspera, não fica tão escorregadia. Ela me parece um pouco maior também, mas não vejo dificuldade significativa.”

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade