Futebol/Bastidores - ( )

Tirone não garante permanência de César Sampaio como gerente

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

O futuro do gerente de futebol César Sampaio ainda é uma incógnita no Palmeiras. Com contrato apenas até dezembro, o dirigente já foi elogiado por sua condição de “bombeiro” para conter crises do clube, mas a péssima campanha no Campeonato Brasileiro atingiu o ex-jogador, que participou da montagem do elenco.

O presidente Arnaldo Tirone explicou que ainda não decidiu o que fazer com o ídolo da década de 1990. “O contrato dele se estende até dezembro e vamos analisar. Não conversei com ele ainda e resolveremos no momento certo”, desconversou.

Fernando Dantas/Gazeta Press
César Sampaio tem contrato até dezembro e ainda não conversou sobre futuro com Arnaldo Tirone
Enquanto isso, Sampaio segue em busca de reforços para o clube, apesar de não saber do próprio futuro. Para deixar a situação do Palmeiras ainda mais indefinida, Tirone também tem grandes chances de se despedir do cargo máximo do Verdão em menos de dois meses.

A próxima eleição presidencial está agendada para 21 de janeiro, e o mandatário ainda não resolveu se lançará sua candidatura à reeleição. “Vou decidir na hora certa. Farei agora um exame de tudo o que aconteceu, para definir o que fazer daqui para frente”, ponderou.

Até agora, há três pré-candidatos à presidência: Décio Perin, Paulo Nobre e Wlademir Pescarmona. O trio até já se reuniu com Tirone para saber a situação do clube e planeja novos encontros neste período eleitoral.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade