Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Velório de Alex Alves mobiliza torcedores e ex-jogadores em Salvador

Salvador (BA)

O corpo do ex-jogador Alex Alves foi velado e cremado nesta quinta-feira, no cemitério Jardim da Saudade, em Salvador. O atleta, formado nas categorias de base do Vitória e com passagens por Palmeiras, Cruzeiro, Hertha Berlin e outros, recebeu as honrarias póstumas de familiares, amigos, torcedores rubro-negros e até antigos companheiros no futebol.

O corpo de Alex Alves foi envolto em uma bandeira do Vitória e mantido ao lado de uma flâmula do Hertha Berlin. Entre os anônimos que foram até o cemitério para se despedir do ídolo, nomes conhecidos do futebol nordestino marcaram presença na cerimônia.

Além de Paulo Isidoro, que ajudou Alex Alves a bancar boa parte de seu tratamento contra a leucemia e financiou o traslado do corpo de Jaú até Salvador, os ex-jogadores Osni, Sapatão, Ronaldo, Flávio Tanajura, João Marcelo, Bobô e Rodrigo também confirmaram presença e prestaram suas homenagens ao ex-atacante.

Alex Alves, de 37 anos, estava internado em Jaú para combater uma leucemia e não resistiu a um transplante de medula na última quarta-feira. O óbito do atleta foi confirmado durante a manhã e a sua causa foi decorrente de uma rara doença apresentada por seu organismo. O ex-jogador sofria de hemoglobinúria paroxística noturna e tinha dificuldades para produzir sangue.

Conhecido por sua irreverência fora de campo e por celebrar os seus gols jogando capoeira, Alex Alves recebeu singelas homenagens dos clubes pelos quais passou. O Vitória, por sua vez, arcou com todos os gastos da cremação e confirmou que os seus jogadores utilizarão uma faixa preta na próxima rodada da Série B. Uma homenagem surpresa também é esperada pela torcida no último confronto da equipe na competição nacional.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade