Futsal/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Exame aponta melhora e Falcão pode voltar nas quartas de final

Nakhon Ratchasima (Tailândia)

O ala Falcão pode voltar a ajudar a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de futsal antes mesmo do que o previsto. O jogador, que sofreu uma contratura na panturrilha na partida contra o Japão, passou por uma ressonância magnética que apontou melhora significativa no quadro e pode estar de volta já nas quartas de final.

Falcão se lesionou com apenas três minutos de jogo contra o Japão, na estreia da Seleção. Após os primeiros exames, seu retorno à Seleção era esperado em uma possível semifinal ou na decisão do torneio disputado na Tailândia.

“A gente saiu bastante contente porque percebeu uma evolução muito boa. A gente espera que nas quartas de final tenha chance de contar com ele. Vamos acelerar os trabalhos que ele está fazendo, mas nas oitavas de final ele estará fora inclusive do banco", explicou o médico Aloir Neri.

A Seleção Brasileira passou com 100% de aproveitamento pela primeira fase da Copa do Mundo da Tailândia e nas oitavas de final encara o Panamá. A partida está marcada para esta segunda-feira, às 9h30 (de Brasília). Se vencer, a equipe tem pela frente Sérvia ou Argentina.

Outra boa notícia para o time comandado por Marcos Sorato veio com a ressonância feita pelo pivô Wilde. Ele escorregou na quadra durante o treino de sexta-feira e passou a sentir dores no púbis, mas o departamento médico da Seleção ficou mais tranquilo após o exame deste sábado.

"A gente saiu muito feliz do exame do Wilde. É importante que foi muito parecido com o anterior. Foi realmente só um susto, um movimento da perna de abertura, que ele fez na hora que escorregou. Provavelmente ali foi uma dor de tração, da cicatriz que ele tinha ali", explicou o médico Mauro Martinelli.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade