Fustal/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Falcão revela paralisia facial por estresse e comemora volta

Nakhon Ratchasima (Tailândia)

A vitória do Brasil por 16 a 0 sobre o Panamá, conquistada nesta segunda, marcou também a volta de Falcão, principal estrela da Seleção, às quadras. Lesionado logo nos três minutos iniciais da Copa do Mundo, no jogo de estreia contra o Japão, o ala afirmou no fim da partida que o retorno serviu para que recuperasse, principalmente, a confiança no próprio futebol.

“Readquiri a confiança, isso é o mais importante. A parte técnica e física ficam para depois”, disse Falcão, que marcou um gol e causou a expulsão de dois adversários. O ala revelou ainda que chegou a ter problemas físicos por conta da possibilidade de não atuar mais nesta edição do Mundial.

“Tive até paralisia facial pelo estresse. Por isso, voltar foi bem importante. (...) Estou feliz demais. O teste tinha que ser hoje, antes das quartas de final. Quem estava aqui sabe o quanto eu fiz para jogar. Tive a sensação de que era um campeonato que não chegaria mais para mim”, explicou.

Com Falcão em quadra, o Brasil encaram às 7 horas (de Brasília) da próxima quarta-feira o vencedor de Argentina e Sérvia, pelas quartas de final da Copa do Mundo. O confronto que definirá o adversário do Brasil será realizado ainda nesta segunda-feira.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade