Futsal/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Sorato admite responsabilidade da Seleção e pede atenção nas quartas

Bangcoc (Tailândia)

Antes da partida de quarta-feira contra a Argentina pelas quartas de final da Copa do Mundo de futsal, Marcos Sorato, técnico da Seleção Brasileira, afirmou que sabe da responsabilidade da equipe e pediu atenção ao elenco para evitar uma derrota como a sofrida para o Paraguai na semifinal das Eliminatórias.

"Vamos tentar honrar o futsal brasileiro, sabemos da nossa responsabilidade. E a maneira de honrar é ganhando. Não tenham dúvidas de que o que foi apresentado agora quanto a vontade, disposição, disciplina e entrega, não vai faltar nunca", declarou o treinador.

Para o comandante canarinho, a Seleção não pode ficar pensando na grande campanha até aqui, com quatro vitórias e 36 gols marcados.

"Estamos muito conscientes do momento. Acho que agora vai começar realmente a Copa do Mundo, contra a Argentina. O que foi feito de bom ficou para trás”, analisou.

Para Sorato, a Argentina é um adversário mais perigoso do que os anteriores. Após golear o Panamá por 16 a 0 nas oitavas de final, o treinador alertou para a força dos adversários para evitar uma derrota como a sofrida por 5 a 3 para o Paraguai na semifinal das Eliminatórias Sul-americanas para o próprio Mundial.

“É um referente positivo, mas sabemos que vamos enfrentar uma Argentina acostumada a várias batalhas. Temos o exemplo do Paraguai nas Eliminatórias e esperamos termos aprendido desta situação. Então começa do zero e vai ser um jogo super difícil", finalizou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade