Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Pensando na altitude, Grêmio antecipa viagem à Colômbia

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Quando disputa partidas em locais muito distantes de Porto Alegre, o Grêmio costuma realizar a viagem com dois dias de antecedência. Não será assim na semana que vem. O Tricolor deve viajar a Bogotá na segunda-feira, três dias antes do confronto com o Millonarios, no jogo de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana.

O principal motivo para a antecipação da viagem será a adaptação à altitude. A capital colombiana fica 2.600 acima do nível do mar. O efeito não é tão prejudicial aos atletas como em jogos disputados em Cuzco, no Peru (3,2 mil metros), ou La Paz, na Bolívia (3,6 mil). Mesmo assim, o Grêmio toma todos os cuidados para não ser surpreendido e poder seguir vivo na competição continental.

A ideia gremista é passar uma semana inteira longe de Porto Alegre. O jogo contra o Millonarios ocorre na quinta, dia 15, e logo após o time tem um compromisso em São Paulo, contra a Portuguesa, no dia 18 (domingo), pelo Brasileirão. Na Colômbia, a equipe terá tempo para realizar ao menos dois treinos, a fim de adaptação à altitude.

Dividido entre Brasileiro e Sul-Americana, o Grêmio terá um calendário apertado no final do ano. Caso passe pelos colombianos, a equipe terá uma partida no meio da outra semana (provavelmente dia 21), pelas semifinais da Sul-Americana, e voltará a campo no dia 25 para pegar o Figueirense, pelo Brasileirão, em Florianópolis. No dia 28 haverá a disputa da outra semifinal, e em 2 de dezembro o time encerra o Brasileirão com um Gre-Nal.

Mesmo após o fim do torneio nacional, o calendário pode não dar folga até a metade do mês que vem. Se chegar à decisão, as partidas finais da Sul-Americana serão disputadas dias 5 e 12 de dezembro. No dia 8, há o jogo inaugural da Arena, contra os alemães do Hamburgo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade