Judô/Grand Slam de Tóquio - ( - Atualizado )

Kitadai perde semi, mas bate francês e conquista bronze no Japão

Tóquio (Japão)

O primeiro brasileiro a subir no pódio pelo Grand Slam de Tóquio, no Japão, foi Felipe Kitadai, na manhã desta sexta-feira. Ele conquistou o bronze pela categoria até 60kg após bater o francês Sofiane Milous. A competição faz parte do Circuito Mundial e vale pontos para o ranking da Federação Internacional de Judô.

Antes de disputar o bronze contra o francês, Kitadai perdeu semifinal para o japonês Hironori Ishikawa, que aplicou um ippon no brasileiro. O judoca da casa conseguiu a classificação e disputou a decisão pela medalha de ouro contra o compatriota Naohisa Takato, mas perdeu a luta e ficou com a prata.

Medalha de bronze nas Olímpiadas de Londres, Felipe Kitadai estreou contra o cazaque Rustam Ibrayev e na sequência passou pelo representante da República Tcheca, Pavel Pettrikov, resultado que o classificou para a buscar uma vaga na final contra o japonês.

AFP
Felipe Kitadai não resistiu ao adversário japonês, mas se recuperou para conquistar a medalha de bronze

Outro brasileiro que entrou no tatame nesta sexta-feira foi Leandro Cunha, pela categoria até 66kg, mas ele sequer passou das quartas de final, onde começou adiantado. O judoca do Brasil não precisou fazer a primeira luta e já estreou diretamente contra o uzbeque Rishod Sobirov, mas foi surpreendido e deixou a competição sem medalhas.

Na disputa feminina, nenhuma das brasileiras conseguiu alcançar o pódio. Entre as mais leves, na categoria até 48 kg, Gabriala Chibana perdeu para a sul-coreana Bo Kyeong Jeong.

Eleudis Valentim passou por duas adversárias, a sul-coreana Da Sol Park e canadense Audree Francis Methot, porém não resistiu a força da japonesa Yuki Hashimoto, vencedora da medalha de ouro na final contra a compatriota Nodoka Tanimoto. As disputas foram válidas pela categoria até 52 kg. Já a brasileira Ketleyn Quadros não passou pela suíça Emma Barkeling e foi eliminada entre as atletas até 57 kg.

A medalha de Felipe Kitadai foi a única conquistada pelo Brasil até o momento, o que deixa o país na quarta colocação da classificação geral do torneio. Os donos da casa lideram com folga, com cinco medalhas de ouro, três de prata e duas de bronze. Um representante do Japão esteve no alto pódio em todas as premiações ocorridas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade