Fórmula 1/Bastidores - ( - Atualizado )

“A McLaren é maior que qualquer piloto”, afirma Ron Dennis

São Paulo (SP)

A saída de Lewis Hamilton da McLaren parece ainda não ter sido digerida pelo chefe da equipe inglesa, Ron Dennis. Mesmo com as seguidas investidas da escuderia para manter o campeão mundial de 2008, o piloto optou por correr pela Mercedes a partir da próxima temporada. Apesar disso, o dirigente nega que exista impasse entre ele e o comandado, exaltando a grandeza de sua escuderia para justificar a não dependência de Hamilton no futuro.

“Não há qualquer problema entre nós. O que acontece é que as vezes os pratos da balança não se equilibram. A McLaren é uma equipe que extrai muito de seus pilotos, mas é natural que uma proposta mais atrativa faça com que eles se mudem”, garante, em entrevista à Sky Sports.

Para Ron Dennis, o ciclo de grandes pilotos vestindo o uniforme da McLaren não deve se encerrar, fato que não deve preocupar a equipe após a saída de Hamilton, único piloto campeão pela equipe nos últimos treze anos.

AFP
Lewis Hamilton e Ron Dennis consquistaram juntos o único título da McLaren no século XXI, em 2008
“Se olharem para a nossa história, sem querer ser pretensioso, a McLaren é maior que qualquer piloto que por aqui passou. Por aqui, passaram Ayrton Senna, Alain Prost, Niki Lauda, Mika Hakkinen e Keke Rosberg. Tivemos vários campeões do mundo ao longo dos anos e vamos continuar a ter campeões do mundo no futuro”, avalia.

O chefe da escuderia inglesa ainda deu a receita para os pilotos que tem a pretensão de fazer história nos carros da equipe. “É importante que quem estiver na McLaren o faça pelas razões certas, esteja focado e determinado a fazer sacrifícios para ganhar”, conclui.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade