Motor/Stock Car - ( - Atualizado )

Barrichello abandona e reclama de “falta de respeito” de rivais

Brasília (DF)

O brasileiro Rubens Barrichello dificilmente se lembrará com alegria de sua segunda corrida na Stock Car. Na etapa de Brasília da temporada, o ex-piloto da F1 abandonou com uma quebra de suspensão, após largar da oitava colocação, e reclamou dos adversários pelas constantes batidas na prova.

Em conversas com sua equipe pelo rádio, ele chegou a alegar “falta de respeito” na briga por posições na corrida da principal categoria do automobilismo nacional.

“Tomei muita pancada no começo. Bate de frente, de lado. Acho que quebrou a suspensão. Minha reclamação é mais pra aprender. Se for assim, dá pra mudar um pouco estilo”, disse Barrichello à TV Globo, logo após abandonar a prova na capital federal.

Inicialmente, Barrichello disputaria apenas a Corrida do Milhão, etapa de encerramento do campeonato da Stock Car, mas resolveu correr também em Curitiba e Brasília para facilitar sua adaptação à categoria. Nas duas provas, no entanto, ele demonstrou dificuldades com as diferenças do carro em relação aos que pilotou nos anos anteriores.

“Você não tem condições de saber muito onde está na prova. Você toma uma e vai para grama, volta e toma outra. O pessoal estava empolgado. Na próxima vou correr com colete à prova de bala";, disse Barrichello já em tom bem-humorado.

Miguel Costa Jr./MF2
Rubens Barrichello fez em Brasília sua segunda prova na Stock Car e abandonou com a suspensão quebrada

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade