Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Jean Rolt protesta e torcida do Náutico acusa CBF de “roubar” o time

Recife (PE)

Os protestos do Náutico contra a arbitragem voltaram a chamar a atenção neste domingo. Após o árbitro Guilherme Ceretta de Lima apontar pênalti de Jean Rolt em cima de Wellington Bruno, nos minutos finais do confronto, os torcedores passaram a cantar o nome da CBF e acompanharam o próprio zagueiro em um protesto contra “um roubo proporcionado pela arbitragem”.

A indignação do Náutico com a arbitragem já foi tema principal de debate na vitória por 2 a 0 contra o Atlético-GO, no dia 29 de setembro, nos Aflitos. Antes do início do confronto, os torcedores penduraram uma faixa que protestava contra a CBF. Revoltado, o juiz Leandro Vuaden atrasou o início da partida para que a manifestação fosse retirada por policiais e até levou o clube para um julgamento no STJD - o Timbu foi absolvido por unanimidade.

“A torcida está errada, o jogador está errado quando reclama. Isso não pode acontecer. Isso aqui foi um roubo. Conheço o árbitro de São Paulo. Ele já apitou muitos jogos meus e eu preciso ter intimidade com ele. Eu o considero muito, mas ele errou hoje. A camisa pesa nessas horas”, disparou o inconformado defensor do Timbu.

Com a infração assinalada para os rubro-negros, Renato Abreu teve tranquilidade para superar o goleiro Felipe e colocar o Flamengo em vantagem na partida. O gol serviu para que o clube carioca alcançar os 47 pontos no Campeonato Brasileiro e pular para a nona colocação. O resultado ainda evita qualquer chance matemática de rebaixamento e praticamente encaminha a classificação do time para a Copa Sul-americana de 2013.

O Náutico, por sua vez, continua com 45 pontos e cai para a 13ª posição. Agora, o time pernambucano terá de reencontrar o caminho das vitórias para não deixar a sua participação na Sul-americana escapar na reta final do Brasileirão. O Coritiba ainda ameaça o posto assegurado pelo clube alvirrubro e manterá uma acirrada disputa pelo posto que garante participação na próxima edição do torneio continental.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade