Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Barcos minimiza 27 gols e afirma que meta é evitar rebaixamento

São Paulo (SP)

Autor dos dois gols do Palmeiras no empate por 2 a 2 com o Botafogo, neste domingo, o atacante Hernán Barcos alcançou 27 gols nesta temporada e cumpriu a meta traçada em sua chegada ao clube alviverde. No entanto, o atleta argentino minimizou a importância do fato, já que o time paulista está cada vez mais próximo de ser rebaixado para segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

“O que eu mais quero é ficar na Série A (do Brasileiro). Os gols são importantes, mas o principal é o Palmeiras. O empate é um prêmio ao Botafogo. Criamos muitas chances, mas não concluímos. Poderíamos ter feito quatro ou cinco gols”, disse. “Agradeço pelas mensagens de carinho pela meta dos 27 gols. Mas eu trocaria tudo isso por nossa permanência na primeira divisão. Obrigado a todos”, completou.

O Palmeiras ocupa a 18ª colocação na tabela de classificação da competição nacional, com 33 pontos, e está sete pontos atrás do Bahia, primeiro clube fora da zona de rebaixamento. Faltando quatro rodadas para o término do torneio, a equipe comandada por Gilson Kleina tenta iniciar série de triunfos neste domingo, às 17 horas (de Brasília), quando enfrenta o Fluminense em Presidente Prudente.

“Precisamos pensar no próximo jogo. Ainda faltam quatro partidas, temos de ganhar para ter uma chance. Depende de nós. O que mais queremos é permanecer na Série A. Isso é o mais importante para o Palmeiras e para mim”, encerrou.

Em caso de derrota diante do Fluminense, o Palmeiras pode ter o rebaixamento garantido ainda nesta rodada. Para isso, Bahia e Portuguesa devem superar Cruzeiro e Botafogo, respectivamente.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade