Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Com contrato no fim, César Sampaio acha que ainda pode ser útil

Marcos Guedes São Paulo (SP)

O contrato de César Sampaio como gerente de futebol do Palmeiras está no final. O ex-jogador assumiu a função há pouco mais de um ano e melhorou a comunicação no departamento, mas também cometeu erros e sabe que o rebaixamento também pode custar seu emprego.

“Eu tenho contrato até dezembro e tenho um cargo de resultado. Quando o resultado não vem, a gente fica vulnerável. Eu não vou ser demitido porque meu contrato está no fim”, disse o dirigente, mais um ídolo chamuscado com a degola.

Apesar do péssimo momento, Sampaio se vê útil no projeto da próxima temporada. “Acho que eu poderia contribuir muito em nosso planejamento de 2013, mas vamos ver o que acontece.”

Como também tem a situação indefinida, o presidente Arnaldo Tirone preferiu não comentar sobre a renovação de Sampaio. Disse apenas que, como mandatário do clube, pode assinar novo compromisso com qualquer profissional até o fim do mandato.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade