Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Gritos de “vai, Corinthians” são o único distúrbio para o Verdão

Luiz Ricardo Fini Presidente Prudente (SP)

A delegação do Palmeiras não teve problemas para descansar antes da partida contra o Fluminense, que será disputada neste domingo, às 17 horas (de Brasília). Sem cobrança de palmeirenses e também livre de qualquer foguetório, os únicos distúrbios durante a madrugada e a manhã em Presidente Prudente foram os gritos de torcedores rivais, principalmente do Corinthians.

De forma isolada, alguns alvinegros que conduziam seus veículos pela avenida em que o Palmeiras está hospedado aproveitavam para gritar “vai, Corinthians”, em frente ao hotel.

Três torcedores do Verdão que aguardavam próximo ao hall de entrada rebateram a provocação. “Onde você roubou esse carro?”, berrou um dos palmeirenses, depois de alguns xingamentos.

O clima de tranquilidade permitiu até que integrantes da comissão técnica alviverde fizessem uma caminhada nas proximidades do hotel. Os auxiliares Narciso e Jair Leite andaram logo cedo pelas ruas de Presidente Prudente.

O técnico Gilson Kleina também desceu ao saguão, conversou com alguns funcionários do clube e voltou para seu quarto. Depois da derrota da Portuguesa para o Botafogo, na noite de sábado, o Palmeiras não corre mais risco de ser rebaixado matematicamente neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade