Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Patrick Vieira e Correa são titulares, mas Assunção é poupado

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

Depois de dois dias de treinos secretos, o técnico Gilson Kleina comandou um coletivo na tarde desta sexta-feira e exibiu a escalação do Palmeiras que pode colocar em campo na partida contra o Flamengo, domingo, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Além das ausências de Henrique, Wesley e João Denoni, que estão vetados pelo departamento médico, o treinador também não pôde escalar o volante Marcos Assunção, poupado da atividade para fazer um reforço em seu joelho direito.

O capitão vem jogando no sacrifício neste Campeonato Brasileiro e sua escalação nas partidas é definida geralmente no aquecimento da equipe. A expectativa é de que Assunção viaje com o time e fique como dúvida até o horário do jogo.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Técnico Gilson Kleina tem muitos desfalques para escalar o Palmeiras na partida contra o Flamengo
As boas notícias do dia foram Correa e Patrick Vieira, que deixaram o jogo contra o Fluminense com dores, mas evoluíram e treinaram entre os titulares nesta sexta, na Academia de Futebol.

Como se recuperou do problema na panturrilha, Correa foi recuado para desempenhar a função de Assunção, já que Mazinho entrou na equipe na vaga do capitão e tem a característica mais ofensiva.

Mesmo com a participação na movimentação, Patrick Vieira ainda é dúvida por conta das dores no tornozelo esquerdo, mas ficou em campo durante metade da atividade. Só no segundo tempo Gilson Kleina colocou Tiago Real na armação.

O escolhido para o posto de Wesley foi Artur, enquanto Román assumiu a vaga de Henrique. Márcio Araújo volta a ser titular, desta vez ocupando o espaço deixado por João Denoni, com dores no ombro. Obina, por sua vez, perdeu a vaga na equipe para Maikon Leite.

Assim, o Palmeiras foi escalado com Bruno; Artur, Maurício Ramos, Román e Juninho; Márcio Araújo, Correa, Mazinho e Patrick Vieira (Tiago Real); Maikon Leite e Barcos.

A equipe reserva trabalhou com Raphael Alemão; Bruno Oliveira, Luís Felipe, Wellington e Fabinho Capixaba; Tinga, João Vitor, Bruno Dybal e Tiago Real; Vinícius e Obina.

O Palmeiras precisa da vitória contra o Flamengo para continuar sonhando em se livrar do rebaixamento. Em caso de derrota em Volta Redonda, o time de Kleina será matematicamente rebaixado neste fim de semana.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade