Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Barcos adia festa por gols e ainda não cobra churrasco de Felipão

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

O atacante Hernán Barcos atingiu a meta particular de 27 gols que estipulou quando chegou ao Palmeiras. Ao balançar as redes duas vezes contra o Botafogo, no domingo, o Pirata alcançou o número que prometeu, mas não pôde festejar o objetivo, já que está preocupado com a má fase do clube no Campeonato Brasileiro.

“Esta é meta que falei ao Román quando cheguei. Ele até disse que fiz pacto com o diabo, porque é um número muito difícil, mas não posso desfrutar de maneira alguma agora, por causa da situação em que estamos”, afirmou.

Quando avisou que marcaria pelo menos 27 gols em 2012, Barcos ainda ouviu a promessa do então técnico do clube, Luiz Felipe Scolari, que se comprometeu a pagar um churrasco se o atleta atingisse a meta.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Barcos não pretende cobrar agora o churrasco que Felipão prometeu se marcasse 27 gols na temporada
Apesar de ter atingido o número estabelecido, o Pirata não acha que seja um bom momento para cobrar a aposta de seu ex-comandante, mas planeja pedir o jantar no futuro.

“Antes de comer churrasco, temos de sair dessa situação. Vamos deixar passar um pouco o tempo e só depois disso vamos cobrar do Felipão”, completou.

Mesmo com a boa fase do argentino, o Palmeiras amarga a zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro e luta desesperadamente pela vitória no domingo, contra o Fluminense, em Presidente Prudente.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade