Futebol/Mercado - ( )

Semana “complicada e dolorida” atrasa busca do Verdão por reforços

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

Uma semana depois do rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras não avançou muito na busca por reforços para a próxima temporada. Apesar de o técnico Gilson Kleina ter pedido agilidade nas contratações de “referências”, o presidente Arnaldo Tirone reconhece que os dias seguintes à queda foram pouco produtivos em relação às negociações.

“A semana foi muito complicada e dolorida. Até esfriar um pouco a cabeça, que ainda está quente, não dá para resolver nada”, explicou o mandatário, que confirmou até agora apenas um reforço para 2013: o lateral direito Ayrton, do Coritiba, contratado antes de o rebaixamento ter sido confirmado.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Presidente Arnaldo Tirone explicou que não houve contratações desde o rebaixamento à Série B
A urgência por transações fica ainda mais clara porque o Palmeiras planeja uma ampla lista de dispensas nesta semana. Desta forma, o clube precisará de peças de reposição para suportar a série de compromissos do próximo ano.

O gerente de futebol alviverde, César Sampaio, concorda com a necessidade de acertar as chegadas de novos atletas o mais rápido possível, mesmo admitindo que não está perto de acertos neste momento.

“Estamos trabalhando. Não temos ainda nada de fechamento, mas as conversas seguem em andamento, porque compactuo com que o Gilson disse. Precisamos de referências e o risco aumenta quanto mais demorarmos”, encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade