Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Baraka e Edson Bastos destacam importância da partida contra Inter

Campinas (SP)

Já pensando na partida do próximo domingo, contra o Internacional, o técnico Guto Ferreira deve definir nesta sexta-feira, após o treino, o time que entra em campo no Moisés Lucarelli. O volante Baraka sabe que o jogo contra os gaúchos é de fundamental importância para a equipe campineira.

“Vejo que a competição está afunilando e os jogos fora são bem difíceis. Estamos tentando dentro de casa somar o maior número de pontos possíveis e conquistar a vaga na Sul-americana. Sabemos que as duas equipes são de qualidade. Temos que ter objetivos e o nosso é somar três pontos em casa. Estamos nesse foco e espero que de tudo certo domingo”, disse o atleta.

O camisa 5 ainda destacou a qualidade do Internacional, em especial a de um jogador em especial. “O (Diego) Forlán joga mais como segundo atacante e onde ele cair tenho certeza que a marcação vai ser forte. É um honra jogar contra essas estrelas, mas dentro de casa cada um defende seus objetivos”, comentou.

O goleiro Edson Bastos, que cumpriu suspensão automática contra o Grêmio, retorna à Ponte Preta diante do Colorado e se mostrou preparado para medir forças com outro time do Rio Grande do Sul. “Sempre é bom jogar em casa frente ao torcedor, eles tem nos apoiado muito e temos que prevalecer o fator campo. Temos que fazer valer esse mando de campo”, observou.

O arqueiro ainda falou sobre o equilíbrio do Brasileiro e alertou que a Macaca ainda precisa somar mais pontos para ficar tranquila na competição. “Se você analisar os últimos jogos, as equipes que estão lá embaixo estão reagindo. O Sport venceu o Vasco com autoridade. O Figueirense poderia ter vencido o Flamengo. Temos que estar espertos nesse sentido e definir o mais rápido possível essa permanência. São jogos difíceis porque do outro tem profissionais querendo permanecer e vamos encontrar dificuldades. Temos nossos objetivos e procurar fazer um bom jogo e vencer no domingo”, ressaltou. “Estamos enfrentando as equipes de iguala para igual. Dentro de campo são 11 contra 11. Todos os jogos são importantes e os nossos objetivos passam por esse jogo contra o Internacional”, finalizou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade