Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Aliviados com vitória, jogadores da Lusa colocam foco na Ponte Preta

Porto Alegre (RS)

Mesmo atuando na adversidade do estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, a ameaçada Portuguesa venceu o Inter por 2 a 0, neste domingo, em partida válida pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado leva a equipe de Marcelo Cordeiro, autor do segundo gol em cobrança de pênalti, a 44 pontos, condição que deixa o rebaixamento como um risco remoto.

Para ser rebaixada à Série B, a Portuguesa precisaria perder para a Ponte Preta e contar com vitórias do Bahia e do Sport, que passariam o time do Canindé no número de resultados positivos. Pensar nos resultados de seus adversários, entretanto, não faz parte dos planos da equipe paulista, focada apenas na Ponte Preta, adversária do próximo domingo, às 17 horas (de Brasília).

“A gente não tem que pensar no Sport ou no Bahia, porque dependemos só da gente. O objetivo de sair do Beira-Rio com a vitória foi alcançado e agora vamos decidir dentro de casa, com o apoio da nossa torcida, contra a Ponte Preta”, relatou o lateral esquerdo e capitão da Portuguesa, autor de um gol no pênalti sofrido por Ananias, logo no início do segundo tempo.

Após uma semana de retiro em uma cidade localizada na divisa dos estados de São Paulo e Minas Gerais, os jogadores voltaram a utilizar seus perfis na internet para garantir confiança na equipe na reta final da Série A. Pelo Twitter, o meio-campista Moisés vibrou pelo resultado contra o Inter: “Obrigado meu Deus por essa vitória. Vamos que vamos, Lusa”. Seu substituto neste domingo, o zagueiro Lima comemorou a vitória da mesma maneira: “Glória a Deus, obrigado senhor. Parabéns a todos”.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade