Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Em meio a impasse, Adriano torce por renovação e mira marca

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Um dos salários mais baixos do elenco do Santos, o volante Adriano ainda não teve a sua situação solucionada no clube. O jogador, que possui contrato até agosto do próximo ano com o Peixe, está discutindo a assinatura de um novo vínculo com os santistas. Porém, como alguns detalhes ainda não foram resolvidos, Adriano ainda espera e torce para que o impasse tenha um fim em breve.

Para renovar o seu contrato por mais quatro temporadas com o Alvinegro Praiano, o meio-campista deseja que a diretoria resolva o problema referente aos 40% dos direitos econômicos de Adriano, presos ao ex-agente do atleta, Sérgio Dias.

O Santos pode efetuar a compra do percentual que está nas mãos de Dias, mas Adriano seria dono dessa parte dos seus direitos econômicos somente a partir de agosto de 2013, ou seja, quando o novo vínculo entrar em vigor. Com essa medida, o Peixe acredita que inibiria o assédio de outras equipes pelo futebol do volante. Entretanto, a situação proposta pela cúpula santista não foi bem recebida pelos representantes do jogador e pelo próprio Adriano. Os valores de luvas também não foram acertados.

Apesar disso, a expectativa do meio-campista é que o acordo seja costurado e ele possa estender a sua permanência na Vila Belmiro. Revelado nas categorias de base do clube praiano, Adriano quer resolver a questão o quanto antes, ainda mais depois de receber a notícia de que a sua noiva, a jornalista Fernanda Tavares, está grávida.

“No que depender de mim, vou ficar muito mais tempo na Vila Belmiro”, disse o volante, que é o quarto atleta que mais vestiu a camisa alvinegra, no atual grupo de jogadores do Santos.

Com 183 jogos disputados pelo Peixe, Adriano só é superado no time pelo lateral Léo (423 partidas), pelo atacante Neymar (204) e pelo zagueiro Durval (194). “Já estou próximo dos 200 jogos e, quem sabe, um dia eu alcance um número parecido ao do Léo”, concluiu.

A estreia de Adriano no elenco principal santista aconteceu na vitória sobre o Paraná, no dia 11 de novembro de 2006, na Vila Belmiro, em confronto válido pelo Campeonato Brasileiro daquele ano. O meio-campista, que chegou a ser emprestado ao São Caetano entre 2009 e 2010, possui cinco títulos no currículo pelo clube: três estaduais (2007, 2011 e 2012), uma Copa Libertadores da América (2011) e uma Recopa Sul-americana (2012).

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade