Futebol/Brasileirão Série A - ( - Atualizado )

Para fechar ano com "chave de ouro", Rafael pede respeito ao Verdão

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

O clássico entre Santos e Palmeiras, no próximo sábado, a partir das 19h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro, fecha as participações das duas equipes no Campeonato Brasileiro. Por este motivo, o goleiro Rafael pede aos seus companheiros de equipe que respeitem o Verdão, mesmo com o rival já rebaixado para a segunda divisão nacional.

“Não sabemos com qual formação o Palmeiras vai entrar em campo, mas, apesar de todas as circunstâncias, é a camisa deles que vai estar do outro lado e eles vão vir para vencer. Nós temos que dar o nosso melhor, pois é um clássico que marca o encerramento do Brasileirão. Esperamos terminar o ano com chave de ouro”, disse o camisa 1 do Peixe.

Rafael acredita que a Vila estará lotada no próximo sábado e, para corresponder às expectativas dos torcedores, promete empenho total na busca do resultado positivo no clássico. ”Contamos com a presença da torcida, mais uma vez. Esperamos que a Vila Belmiro esteja lotada para uma bela festa. E temos que fazer a nossa parte. O torcedor quer ver um Santos aguerrido, jogando como se fosse uma final”, comentou.

Ricardo Saibun/Santos FC
O goleiro Rafael pediu respeito ao Palmeiras, rebaixado à Série B de 2013, no clássico deste sábado
Na 10ª colocação, com 50 pontos ganhos, o Alvinegro Praiano não possui mais objetivos na Série A. Mesmo assim, o goleiro santista quer deixar uma boa impressão neste fim de temporada. “Todas as impressões são importantes. Ninguém quer perder um clássico. Sabemos que a equipe que o Palmeiras mandar a campo será dificílima. Mas esperamos corresponder às expectativas para terminarmos o ano bem”, encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade