Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Após defender Guarani em 2011, Gabriel nega desejo de revanche

Bruno Oliveira, especial para a GE.NET São Caetano do Sul (SP)

Atleta do Guarani no segundo semestre do último ano, o zagueiro Gabriel pode ser peça importante na confirmação do rebaixamento do clube paulista para terceira divisão do Campeonato Brasileiro. Atualmente no São Caetano, o defensor enfrenta o time alviverde neste sábado, às 16h20 (de Brasília), no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em partida válida pela 38ª rodada da Série B.

“Fico triste por um grande clube ter chance de cair para Série C, mas não temos nada a ver com isso. Precisamos continuar em busca do acesso. Felizmente, para nós, e infelizmente, para o Guarani, se vencermos eles devem cair. Nosso clube precisa da vitória, então temos que honrar a camisa do São Caetano até o final”, disse.

O time do ABC paulista ocupa a quinta colocação na tabela de classificação do torneio nacional, com 68 pontos, e torce por um tropeço de Vitória e Atlético-PR (70 pontos) para chegar ao Campeonato Brasileiro da primeira divisão. Já o Guarani, em situação delicada, é o primeiro time fora da zona de queda, com 41 pontos, e, dependendo dos resultados desta rodada, pode ser ultrapassado por Guaratinguetá e CRB.

Douglas, 25 anos, chegou ao São Caetano no início desta temporada, após atuar pelo clube de Campinas na Série B de 2011. Emprestado pelo Atlético-PR, o zagueiro teve problemas financeiros no Guarani e não recebeu salário durante a disputa da segunda divisão do futebol nacional.

“Ano passado ficamos seis ou sete meses sem receber. É complicado, um pai de família precisando pagar suas despesas e não ver o salário cair na conta é difícil. Isso já passou, agora eu vivo um excelente momento no São Caetano. Tenho que procurar meu objetivo, que é a vitória na partida de amanhã (sábado)”, encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade