Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

CBF protege clubes em eventual briga por vaga direta na Libertadores

Gabriel Carneiro, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

São Paulo e Grêmio se mantêm na briga pelo título da Copa Sul-americana ao mesmo tempo em que tentam assegurar as primeiras posições da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. O primeiro lugar da competição continental dá vaga na fase preliminar da Copa Libertadores de 2013, ao contrário da vice-liderança do Nacional, que deixa o time com vaga direta na fase de grupos.

No entanto, os regulamentos dos dois torneios não preveem qual será a decisão no caso de o time vencedor da Sul-americana conquistar o segundo lugar no Brasileirão. Diretor de competições da CBF, Virgílio Elísio, garantiu que os clubes brasileiros serão protegidos pela entidade em função das cinco vagas fixas para o País na competição continental.

“A vaga do clube brasileiro permanece. Se o clube brasileiro que vencer a Sul-americana tiver vaga direta pelo Campeonato Brasileiro, ele entra na vaga do Brasileiro e deixa a vaga na fase preliminar da Libertadores para o segundo colocado da Sul-americana. Isso é direito assegurado do clube”, comentou Virgílio Elísio, utilizando exemplo prático: “Digamos que o Palmeiras tivesse prosseguido na Sul-americana e fosse campeão, então a vaga que contaria era da Copa do Brasil”.

Além do Palmeiras, campeão da Copa do Brasil, e citado pelo dirigente da CBF, outros dois times brasileiros estão garantidos na Libertadores de 2013: o Corinthians, atual campeão continental, e o Fluminense, que briga pelo título do Brasileirão, mas já atingiu o número mínimo de pontos para se classificar. No Brasileirão, Atlético-MG, Grêmio e São Paulo completam o G-4, enquanto Botafogo, Inter e Vasco ainda põem fé nas chances matemáticas de classificação.

De olho no segundo lugar do Brasileiro e na vaga direta na Libertadores, o São Paulo é o próximo brasileiro a entrar em campo pela Sul-americana, nesta quarta-feira, diante da Universidad do Chile. O primeiro confronto, em Santiago, foi vencido pelo Tricolor paulista por 2 a 0. Já o Grêmio, que superou o Millonarios no Olímpico, vai à Colômbia apenas no dia 15 de novembro para decidir a classificação para as semifinais.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade