Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Com boas lembranças, São Paulo retorna ao Chile após três semanas

Tossiro Neto Guarulhos (SP)

Três semanas depois de visitar e derrotar a Universidad de Chile, o elenco do São Paulo embarcou de novo para Santiago, na manhã desta quarta-feira. O adversário é outro, a Universidad Católica, mas a expectativa é a mesma: retornar de lá com mais um bom resultado para encaminhar nova classificação na Copa Sul-americana, desta vez para a final.

"Vamos tentar fazer uma boa partida, como fizemos contra La U, para trazer a vitória novamente", disse o meia Jadson, no saguão do Aeroporto Internacional de Guarulhos, antes de elogiar a cidade chilena. "É tranquila e bem organizada, pelo pouco que pudemos ver quando saíamos do hotel. E todos nos receberam muito bem, sem problema nenhum".

A primeira partida contra La U foi em 31 de outubro, no Estádio Nacional. Sem Luis Fabiano naquela ocasião, a equipe brasileira venceu por 2 a 0, com dois gols do substituto Willian José. O triunfo como visitante facilitou a conquista da vaga na volta, com goleada por 5 a 0, no Pacaembu.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Camisa 10 são-paulino embarcou com boas lembranças de Santiago, onde o time derrotou La U há três semanas
Por coincidência, o adversário na semifinal agora é outro time do Chile, que, apesar de ter chegado até aqui na competição continental, não goza do mesmo prestígio do rival local neste momento. Enquanto La U é a campeã da edição passada da Sul-americana e divide a liderança do campeonato nacional com a mesma pontuação do Colo Colo, a Católica é a nona colocada no país.

Apesar disso, ninguém no São Paulo espera facilidade. O placar das quartas de final foi construído também porque o adversário se lança muito ao ataque, algo que o atual oponente não costuma fazer, ainda mais em um estádio menor - o confronto será no San Carlos de Apoquindo.

O último trabalho do time comandado pelo técnico Ney Franco será realizado na noite desta quarta-feira, já no palco do jogo, marcado para 20h15 (de Brasília) desta quinta-feira.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade