Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Com quase 48 mil ingressos vendidos, Ney espera torcida compreensiva

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Os são-paulinos querem ver Paulo Henrique Ganso em campo no domingo. Com a estratégica promoção da diretoria, já foram vendidos antecipadamente quase 48 mil ingressos. A expectativa de casa cheia no Morumbi leva o técnico Ney Franco a fazer um alerta: por vir de lesão muscular, o meia entrará somente no momento adequado a seu estágio físico atual.

"Nossa torcida sabe que o trabalho dele vai ser para 2013, que tem que passar por uma pré-temporada. Isso está muito claro para nós, internamente. Tenho certeza de que a torcida vai entender o momento certo de ele ser lançado e de que vamos terminar o jogo com todos satisfeitos. Tem tudo para ser uma tarde feliz", ressaltou.

Sem atuar há quase três meses – a última partida pelo Santos foi no fim de agosto, diante do Bahia, quando lesionou a coxa esquerda –, Ganso deve deixar o banco de reservas a 20 ou 15 minutos do final do segundo tempo. De qualquer forma, a estreia está garantida independentemente do placar, seja com o São Paulo ganhando ou perdendo a partida.

O pedido para que a torcida seja compreensiva e não peça a substituição antes do momento certo tem como objetivo garantir tranquilidade para os demais jogadores, a fim de que o time consiga um bom resultado para, dependendo do resultado do quinto colocado Botafogo, selar antecipadamente a classificação para a próxima edição da Copa Libertadores.

"A vitória está acima de tudo no domingo. É com esse propósito que o torcedor vai ao estádio, para ajudar nossa equipe a tentar mais uma vitória", aposta o treinador são-paulino, lembrando que o vínculo assinado pelo ex-santista é válido até setembro de 2017. Ou seja, o torcedor ainda o verá muitas vezes em campo.

"Tem que ir passo a passo. Ele tem passado muito bem pelas etapas de recuperação, agora vai a campo para jogar. O que vai definir o tempo em campo é seu desempenho nos treinos e após os jogos. Não vamos queimar etapas. Em determinado momento, podemos até fazer o inverso, com ele começando titular para ver até onde aguenta", conclui.

O duelo contra o Náutico está marcado para as 17 horas (de Brasília) de domingo. A carga total disponibilizada pela diretoria é de pouco mais de 62 mil ingressos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade