Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Derrota botafoguense leva São Paulo à Libertadores após dois anos

São Paulo (SP)

O São Paulo está de volta à Libertadores. Ausente do torneio sul-americano há dois anos, o time conquista a classificação com duas rodadas de antecedência por ter vencido o Náutico por 2 a 1 e contar, mais tarde, com derrota do Botafogo por 2 a 0 para o Sport.

A combinação de resultados abre oito pontos de distância para o agora sexto colocado Botafogo (62 contra 54), com apenas seis ainda em disputa, e garante que a equipe tricolor não possa mais deixar o G-4 ao fim da competição nacional. O Corinthians, que subiu para o quinto lugar, já está assegurado por ser o atual campeão.

O modo como o São Paulo retornará à competição que venceu três vezes (1992, 1993 e 2005), no entanto, ainda não está definido. Enquanto a terceira e a quarta colocações classificam para a pré-Libertadores, a vice-liderança – ainda possível, pois o Grêmio foi a 67 pontos com o empate com a Portuguesa – coloca o clube diretamente na fase de grupos.

Antes de selada a classificação antecipada, o técnico do São Paulo, Ney Franco, avaliou o desempenho na vitória sobre o Náutico como regular. Em sua opinião, a equipe poderia ter atuado melhor no dia em que o ex-santista Paulo Henrique Ganso estreou com a camisa 8 tricolor, aos dez minutos da etapa final.

"Jogamos o suficiente para ganhar. Poderíamos ter jogado melhor, principalmente no primeiro tempo. Embora o Náutico tenha vindo com proposta de marcação muito forte, conseguiu neutralizar nosso meia de ligação. O segundo tempo foi um pouco mais solto e conseguimos a vitória", analisou o treinador, que elogiou a presença dos 62.207 torcedores no Morumbi.

"Não posso sair desse jogo sem dar parabéns à nossa torcida. Depois que tomamos o gol de falta, ela empurrou nosso time, e foi paciente em relação ao trabalho da comissão técnica. Chamou atenção, mesmo com o campeonato definido, termos batido o recorde de público. Mostra que a equipe está muito bem servida, e que a torcida corresponde na hora que precisa", concluiu.

O São Paulo agora volta o foco para a conquista da Sul-americana. Na quinta-feira, faz o jogo de ida da semifinal contra a Universidad Católica, em Santiago.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade