Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

DIS tenta comprar direitos do Criciúma para pôr Lucca no São Paulo

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Um dos destaques do Criciúma na Série B do Campeonato Brasileiro, Lucca pode reforçar o São Paulo a partir de 2013. A carreira do meia passou a ser agenciada pela DIS, grupo de investimentos que tenta agora adquirir seus direitos econômicos para repassá-lo ao clube paulista na próxima temporada.

A maior parte dos direitos do jogador de 22 anos pertence a uma empresa do presidente do Criciúma, Antenor Angeloni. "O jogador tem 5% ou 10%", não soube precisar o diretor de futebol da equipe catarinense, Waldeci Rampinelli, em contato com a GE.net, admitindo ainda a possibilidade de negociação.

Caso seja contratado pelo São Paulo, Lucca não poderá atuar logo no começo do ano, pois se machucou em 16 de outubro, durante partida contra o ABC, e passou na manhã desta quinta-feira por cirurgia nos ligamentos cruzados do joelho esquerdo.

A ideia é da diretoria é utilizar a estrutura do Reffis para terminar a recuperação do meia na capital paulista, tal qual tem sido feito com Paulo Henrique Ganso. Igualmente ligado ao DIS, o jogador trouxe do Santos, na segunda quinzena de setembro, uma lesão muscular na coxa esquerda e segue em recuperação para poder estrear.

Além de Lucca, o São Paulo mira a contratação de outro atleta de destaque no futebol catarinense. Trata-se de Aloísio, atacante que tem 12 gols com a camisa do Figueirense. O técnico Ney Franco, que já admitiu interesse, começou a evitar o assunto para não subir o valor de mercado do jogador.

"A diretoria trabalha com alguns nomes, mas logicamente isso não pode ser publicado para não estimular concorrência. Algumas contratações, se definidas, serão interessantes. A gente sabe que achar um jogador no mercado para substituir o Lucas é complicado, mas queremos pelo menos um jogador com as mesmas características", comentou o treinador.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade