Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Em enquete, torcida da Católica sugere esperar São Paulo na defesa

Tossiro Neto São Paulo (SP)

A Universidad Católica vê o São Paulo como um adversário poderoso na semifinal da Copa Sul-americana. Não por menos, afinal o time brasileiro passou da fase anterior eliminando a também chilena La U, campeã da edição passada do torneio e até então líder do campeonato nacional de seu país, com vitórias tanto fora (2 a 0) quanto em casa (5 a 0).

Em enquete no site oficial, o clube pergunta: "Como ganhar do São Paulo?". Até o fim da noite desta segunda-feira, contabilizados mais de 700 votos, 61% dos torcedores optaram pela resposta "de contragolpe". As outras três alternativas possíveis são "ofensivamente" (6%), "pelas laterais" (3%) e "controlando o meio-campo" (30%).

Se vai jogar à base de contra-ataques, de fato, não se sabe. O que dá para apostar é que, pelo lado são-paulino, a ideia é partir para cima logo no início, como tem sido feito nos últimos jogos, independentemente do mando de campo.

Reprodução
Maioria votou por "de contragolpe"
"Temos um ataque muito rápido. Tanto eu quanto o Lucas temos uma saída forte, e o Luis Fabiano é nosso finalizador. Temos surpreendido fora de casa também e sabemos que se eles se atirarem para cima da gente, vamos ter espaço para matar o jogo, como foi contra La U. Vai ser um jogo duro, mas podemos sair de lá com a vitória", avalia o veloz Osvaldo.

O que também mete medo nos chilenos é a lembrança do vice-campeonato da Libertadores de 1993. Na ocasião, a Católica foi derrotada por 5 a 1, no Morumbi, e não evitou o título adversário ao vencer por 2 a 0 o duelo de volta. Desta vez, o confronto não vale troféu, mas dá vaga à decisão da Sul-americana, motivação maior do São Paulo nesta reta final temporada.

"Seria muito importante, para mim principalmente, ser campeão. Cheguei ao clube neste ano e já tenho oportunidade de vencer uma competição como essa. Seria um prazer imenso conquistar um título pelo São Paulo", afirma Osvaldo.

A equipe brasileira inicia a preparação na manhã desta terça-feira, no CT da Barra Funda. O último trabalho antes da partida, marcada para 20h15 (de Brasília) de quinta-feira, será na véspera, já no San Carlos de Apoquindo, em Santiago.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade