Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Ex-meia da Católica, Cañete receita cuidado a colegas são-paulinos

São Paulo (SP)

Não inscrito na Copa Sul-americana, Cañete pode ajudar o São Paulo de outra maneira nesta semana. Ex-jogador da Universidad Católica, adversário desta quinta-feira, o meia argentino passou alguns detalhes do clube chileno.

"Católica é muito forte em seu estádio. Uma equipe rápida e que sabe jogar com a bola no chão. Temos de tomar cuidado. A torcida vai apoiar muito. O São Paulo tem de entrar concentrado e aproveitar os espaços que eles vão deixar em campo", disse o jogador.

"Ainda não falei com os jogadores de lá, mas mantenho contato com ex-companheiros meus. O São Paulo tem de entrar muito focado e acho que isso pode fazer a diferença para a nossa equipe. Estamos próximos deste título e temos de ir atrás dele", completou.

Cañete defendeu a Católica por empréstimo no ano passado, antes de ser vendido pelo Boca Juniors ao São Paulo. No clube desde o fim de 2011, ele disputou apenas dois jogos com a camisa tricolor, totalizando menos de 45 minutos em campo, por conta de operação no joelho direito.

Recuperado clinicamente desde agosto, o argentino de 22 anos vem treinando normalmente com o elenco e foi relacionado pela primeira vez há pouco mais de uma semana, para o duelo contra o Grêmio, mas acabou cortado do banco. A expectativa é de tê-lo bem fisicamente em 2013.

Sem ir a campo, Cañete ficará apenas na torcida nesta quinta-feira. A partida contra a Católica está marcada para 20h15 (de Brasília), no Estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade