Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Luis Fabiano nega irritação, mas diz "não levar desaforo" de gringos

Santiago (Chile)

Conhecido pela capacidade de fazer gols, mas também por se envolver em algumas polêmicas dentro de campo ao longo da carreira, Luis Fabiano se estranhou com jogadores chilenos no empate de quinta-feira, contra a Universidad Católica, em Santiago. Ao ser perguntado se havia ficado irritado, o artilheiro do São Paulo na temporada ficou incomodado.

"Toda vez é a mesma coisa, sempre me perguntam se estou irritado. É meu jeito de ser. Jogo assim dentro e fora de casa. Apenas em um momento eu dei um 'chega pra lá' no adversário para mostrar que não sou bobo. Mas de maneira nenhuma fiquei irritado. Procurei fazer meu jogo. Só que, sem dúvida nenhuma, não vou levar desaforo para casa", disse o atacante de 32 anos.

Polêmica à parte, Luis Fabiano aprovou o desempenho do time em território chileno, mas cobrou aplicação para confirmar a vaga na decisão na Copa Sul-americana. A segunda partida da semifinal contra a Católica será na quarta-feira que vem, no Morumbi.

"Temos um bom time, que está tentando passar para a final. E na final tudo pode acontecer. O São Paulo tem bons jogadores, um elenco forte para chegar à final. É isso que vamos tentar fazer no próximo jogo", completou o camisa 9 tricolor.

Principal nome ofensivo da equipe do técnico Ney Franco, Luis Fabiano volta a campo justamente só na próxima semana. O centroavante não enfrenta a Ponte Preta, no domingo, em Campinas, por ter recebido o terceiro cartão amarelo na rodada passada do Campeonato Brasileiro.

O grupo retorna aos trabalhos na manhã deste sábado, no CT da Barra Funda. A equipe deve ser formada em sua maioria por reservas e jogadores revelados nas divisões de base do clube.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade